Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009

Práticas Educativas Parentais

 

 

Vários pesquisadores já mostraram que existem diferentes tipos de práticas dos pais. Estas distinguem geralmente atitudes mais ou menos ditatoriais ou democráticas, persuasivas ou coercitivas, por exemplo, abordando caracteres diferentes, o “autoritário”, quando os pais controlam muito mas apoia pouco a criança, tendendo a educar segundo regras que não se discutem, o permissivo, quando aqueles exercem um controle fraco e um apoio forte, e tendem a aceitar os desejos da criança, exigindo pouco dela, o “democrático”, no qual os pais ao mesmo tempo controlam e apoiam seus filhos, estabelecem regras a respeitar mas, simultaneamente, encorajam sua independência, são exigentes e atentos e o “não envolvido” quando os pais têm uma atitude caracterizada pela indiferença e até pela negligência ou rejeição.

Por exemplo, julgo que não se dá consideração suficiente consideração á evolução do contexto criança. Existem períodos estáveis, outros de reorganização ou de crise. As interacções dentro dos parentes modificam-se. Além do mais, não se devem ignorar vários acontecimentos, como desemprego, doença, acidentes, nascimento de uma criança, que produzem transformações nas relações, reestruturações, e mudanças nas práticas da educação parental.

 

Autor: Filipe Pereira

 

 

 

Publicado por educacaoparental às 02:16
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes

7 diferenças entre os bon...

Dizer não a um filho

Pais são exemplo dos filh...

O ponto de vista das cria...

O que sabem os pais sobre...

Práticas Educativas Paren...

Educação Parental como te...

Apresentação

tags

todas as tags

Pesquisar neste blog

Links

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds